Geotecnologia

14 04 2008

Desde a década de 70 que se conhece o Global Positioning System, ou mais conhecido GPS. Desde aquela época até os dias de hoje, a telecomunicação evoluiu a passos largos. Sabe-se que as primeiras tecnologias foram desenvolvidas para fins militares, porém hoje, as pesquisas em tecnologia (principalmente em países desenvolvidos) têm evoluído mais para fins comerciais.

Devido à massificação dessa tecnologia, não é mais novidade que a Geotecnologia está ao alcance de nossas mãos. Tornozeleiras com GPS integrado (para que condenados em regime semi-aberto sejam rastreados), PDAs com auxilio de comando de voz para auxiliar deficiente visuais a se guiarem sozinhos nas cidades, carros e motos com navegadores de trânsito, e até tênis com chip para rastreamento.

Até o ano de 2007, foram vendidos mais de 175 milhões de aparelhos móveis equipados com GPS (a maioria celulares). De acordo com os cálculos da Berg Insight (empresa especializada em pesquisas sobre indústria de telecomunicação) serão 560 milhões desses dispositivos daqui a quatro anos. Apesar dos números, ainda se considera como uma tecnologia que está engatinhando. Para se ter uma idéia, apenas 10% dos celulares vendidos possui GPS integrado. Seu potencial de crescimento é muito grande, pois se estima que muita coisa ainda pode ser criada utilizando essa tecnologia como base.

A cada dia que passa, as cidades estão ficando maiores e com sua malha viária mais complexa. Daqui a alguns anos será praticamente impossível encarar o trânsito de cidades como São Paulo, Rio de Janeiro, etc, sem GPS nos carros.

Soluções Criativas

Uma solução criativa foi descoberta quase que por acaso. Em uma viagem a negócios, Isaac Daniel (executivo americano) recebeu uma ligação do diretor da escola de seu filho de oito anos, informando que o menino havia desaparecido enquanto esperava o ônibus para casa. Apavorado, o executivo pegou o 1º vôo de volta para Atlanta (cidade natal). Apenas ao desembarcar, foi informado que não se passava de um mal-entendido, pois seu filho havia ido ao banheiro sem avisar os professores e acabou se desencontrando. “Aquele susto me fez pensar em como usar a tecnologia para encontrar pessoas desaparecidas” disse o executivo. Foi assim que ele desenvolveu um tênis com monitoramento por GPS que será lançado, nesse ano, nos Estados Unidos e que irá custar 325 dólares.

“Tá estressado… vai pescar!!!”

Não seria mais desestressante se fosse pescar e soubesse onde os peixes estão? Garantia de relaxamento e de não voltará com o “samburá” vazio. Pois foi com essa filosofia que a empresa americana Hummimbird (especializada em pesca) resolveu embutir o GPS nos aparelhos de sonar, além de facilitar a localização geográfica (para os mais perdidos) o aparelho também serve para marcar os pontos onde há mais cardumes.

Soluções para o futuro

Uma das apostas para o futuro é a combinação do GPS com as atuais tecnologias por radiofreqüência (RFid). São etiquetas especiais que podem ser fixadas em qualquer roupa ou objeto e emitem sinais captados por antenas. Tecnologia já utilizada nos pedágios nas estradas em que esses dispositivos são fixados no vidro dos carros.

Essa tecnologia começou a ser usada também em testes em alguns supermercados. No futuro não será mais necessário gastar tempo em passar os produtos pelos leitores de código de barras, apenas será necessário colocar o produto no carrinho que os sensores vão indicar o preço de cada produto, informações adicionais e ainda contabilizará o total de gastos. Tudo isso será mostrado em uma tela acoplada ao carrinho.

De acordo com Patrick Dixon (futurólogo inglês), “Em breve, isso vai possibilitar que uma pessoa ao se aproximar de um shopping, receba pelo celular uma mensagem informando os descontos que terá em determinada loja”.

Será esse o futuro das companhias de marketing?

O que o futuro nos espera não se sabe. Porém, precisamos ficar de olho nas tendências dos avanços tecnológicos. Como disse Ronaldo Soares (que escreveu uma repostagem especial sobre o assunto na revista Veja), “O desenvolvimento das tecnologias de rastreamento permite localizar qualquer pessoa em qualquer lugar do planeta, instantaneamente e com mínima margem de erro. Está em curso uma revolução que já começou a tranformar o cotidiano da humanidade”

Ps: Esse post foi escrito com base na reportagem da revista Veja (edição 2055; ano 41; nº14; 9 de abril de 2008), e na repostagem de capa da Info Exame (nº 266; Abril 2008).


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: